#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


28 fevereiro 2011

Amor e outras drogas


Amor e outras drogas

O que leva uma pessoa a fugir de uma relação estável? O que a leva a fugir do amor?
Bem, há vários motivos pra isso ocorrer...

Maggie tem apenas 26 anos e possue mal de Parkinson, o que a leva a evitar qualquer investimento amoroso,
namoro ou algo parecido, ela tem medo de se tornar um estorvo na vida de alguém. Dessa forma Maggie se transforma numa pessoa prática, desprendida e carnal, tudo isso por medo de se envolver com alguém.

Um dia ela conhece o representante de um laboratório farmacêutico, Jamie, sedutor incorrigível do tipo que contabiliza as mulheres que já levou pra cama; logo ela pensou que esse seria o cara perfeito pra ela, do tipo prático que não se envolve nem quer uma relação séria. Será? Aos poucos eles vão se apaixonando e juntos descobrem a dor e a delícia dessa droga que se chama amor, que nos preenche e nos faz sofrer.

[Mente Hiperativa]

27 fevereiro 2011

SeAbra

Foto de Felipe Seabra

SeAbra

Que segredo tu guardas tão bem escondido?

Olho pra ti e te enxergo com uma certa nebulosidade, há um quê de mistério em teu sorriso.

Porque sempre foges das minhas conversas?


Porque se esquivas de minhas perguntas?

E olhe que eu sou esperto, nunca vou direto ao ponto, vou comendo pelas beiradas. Mas você é ainda mais esperto e percebe isso. E foge.

De que tens medo? De mim?

Não tem jeito, mesmo com todo esse tempo que te conheço, ainda hoje eu olho pra ti e vejo uma nuvem pairando no teu rosto.


Será que é essa nuvem que esconde teus segredos ou será que é você que se esconde por trás dela?


Um dia você se abre pra mim?


SeAbra!

[Mente Hiperativa]

Terapia

Terapia

Tudo parecia bem na sua vida, mas só parecia porque ele fugia dos seus traumas, negava seus bloqueios e ignorava seus problemas. Um dia resolveu buscar o que tanto escondia de si mesmo, deu a cara à tapa e se pôs num divã pra descobrir a vida que insistia em não viver. Descobriu que é difícil encarar a realidade, e que amadurecer dói, mas alivia.

[Mente Hiperativa]

26 fevereiro 2011

Its kind of a funny story

Its kind of a funny story

Craig é um adolescente confuso e deprimido, ele não entende o mundo à sua volta e o mundo também não o compreende; seus amigos acham que ele é um cara muito esquisito.

Depois de ser invadido por pensamentos suicídas, Craig procura ajuda numa clínica psiquiátrica imaginando que receberia uma ajuda imediata e seria tratado como num 'passe de mágica', mas acaba sendo internado e na clínica ele conhece pessoas que sofrem de todo tipo de transtorno psiquiátrico.

Sentindo-se deslocado naquele lugar cheio de pessoas estranhas, Craig pede pra voltar pra casa, mas agora é tarde demais pra se arrepender de sua escolha, terá que vivenciar a rotina de uma clínica psiquiátrica ao mesmo tempo em que busca se encontrar.

Apesar de tratar dos temas depressão e suicídio, o filme não tem ar de drama ou coisa do gênero, ao contrário, é bastante divertido com algumas cenas de comédia; em síntese conta a história de um garoto que descobre o prazer de viver.

[Mente Hiperativa]

Aonde você quer ir?

Aonde você quer ir?

Você sabe aonde quer chegar?
Tem metas, sonhos, planos?
Trabalha e se esforça pra atingir seus objetivos?

É importante saber onde se quer chegar, senão todo esforço será em vão e toda luta será jogada na lata do lixo. O tempo passa e não se sai do lugar, não há crescimento nem progresso.

Você, aonde você quer chegar?

[Mente Hiperativa]

25 fevereiro 2011

Freud

Freud

Essa semana ganhei um peixe beta de presente, agora ele vive num aquário sobre a mesa do meu quarto. Aí está o dito cujo, apelidado de Freud:















[Mente Hiperativa]

Apagaram tudo



Gentileza - Marisa Monte

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A palavra no muro
Ficou coberta de tinta

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
Só ficou no muro
Tristeza e tinta fresca

Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de Gentileza

Por isso eu pergunto
À você no mundo
Se é mais inteligente
O livro ou a sabedoria

O mundo é uma escola

A vida é o circo
Amor palavra que liberta
Já dizia o Profeta

[Mente Hiperativa]

24 fevereiro 2011

Não, eu não te amo!

Não, eu não te amo!

Não tente arrancar de mim um 'eu te amo', eu não sou uma pessoa que o diz facilmente a torto e a direita, não consigo amar assim tão simplesmente.

Arranque de mim sorrisos e bons momentos, carinho, olhares e beijos, mas não espere que eu te ame por conta disso. Não sei, talvez meu coraçao seja calejado ou apenas tenha medo de se entregar, mas ele não sabe dizer 'eu te amo' como quem diz uma coisa natural, por isso desista de arrancar de mim essa declaração...

Não sei lidar com expectativas alheias, sobretudo com as que eu não posso corresponder, por isso não espere de mim mais do que posso te oferecer, não espere que eu diga 'eu te amo'. porque me sinto obrigado a dizê-lo, pra te agradar ou corresponder à tua declaração, não, simplesmente eu não digo o que não sinto, não consigo sabotar meus sentimentos.

Eu sou assim, feliz ou infelizmente, eu sou exatamente assim, só disse 'eu te amo' poucas vezes e porque foi sincero, se não tiver certeza prefiro me manter bem calado.


[Mente Hiperativa]

Nova aba: Leitura edificante


Nova aba: Leitura edificante


Há algum tempo eu venho relembrando e escrevendo a resenha de alguns livros que li e achei interessante, algumas eu já postei aqui no blog ou ainda irei fazê-lo, no entanto resolvi agrupá-las todas numa aba para ficar mais organizado. Desse modo a nova aba chamada leitura edificante reúne alguns livros que recomendo a leitura, confiram as resenhas que eu fiz das seguintes obras:



Veronika decide morrer - Paulo Coelho

Pessoas problemáticas - Joseph Dunn

Projeto secreto universos - Silvia Malamod Kormes

O código da Vinci - Dan Brown

Robinson Crusoé - Daniel Defoe

O menino do pijama listrado - John Boyne

Nunca desista dos seus sonhos - Augusto Cury

O código da inteligência - Augusto Cury

Mãe, me ensina a conversar - Dalva Tabachi

Mentes inquietas - Ana Beatriz Barbosa

Mentes perigosas - Ana Beatriz Barbosa

O livro de ouro da mitologia - Thomas Bulfinch

A beleza está nos olhos de quem vê - Camila Cury

Pai rico, pai pobre - Robert T. Kiyosaki e Sharon L. Lechter

O pequeno príncipe - Antoine de Saint Exupéry

Temperamento forte e bipolaridade - Diogo Lara

Como funciona o cérebro - John McCrone

Mapas mentais - Tony buzan

Preciosa -Sapphire

Amigos ouvintes CBN - Arnaldo Jabor

O corpo fala - Pierre Weil e Roland Tompakow

Freud para iniciantes - Richard Osborne



-----------------------------------------------------
Link da aba leitura edificante:
http://mente-hiperativa.blogspot.com/p/leitura-edificante.html
-----------------------------------------------------


[Mente Hiperativa]

23 fevereiro 2011

Como Não lidar com um deprimido

Como Não lidar com um deprimido

"Se você não atende aos comportamentos esperados e formatados, embalados com sabor arco-íris, lá vem o mesmo blá blá blá... "vamos lá rapaz, se anima!", "não se preocupe, vai passar", "você é forte, supera isso", ou ainda, "com o tempo você melhora". Saibam que cobrar ânimo de uma pessoa deprimida, é como pedir para um paraplégico levantar de sua cadeira de rodas."

Perfeito! É isso que todo mundo deveria entender.

Trecho retirado do texto 'Depressão: doença de preguiçoso' do blog Diário de um Bipolar

[Mente Hiperativa]

Sweet child o' mine



Sweet child o' mine (Minha Doce Criança) - Guns N' Roses


Ela tem um sorriso que me parece
Trazer a tona recordações da infancia
Onde tudo era
Fresco como o límpido céu azul

Às vezes quando olho seu rosto
Ela me leva para aquele lugar especial
E se eu fixasse meu olhar por muito tempo
Provavelmente perderia o controle e começaria a chorar

Oh, oh, oh
Minha doce criança
Oh, oh, oh, oh
Meu doce amor

Ela tem os olhos como os céus mais azuis
Como se eles pensassem em chuva
Detesto olhar para dentro daqueles olhos
E enxergar o mínimo que seja de dor

Seu cabelo me lembra um lugar quente e seguro
Onde, como criança, eu me esconderia
E rezaria para que o trovão
E a chuva
Passassem quietos por mim

Oh, oh, oh
Minha doce criança
Oh, oh, oh, oh
Meu doce amor

Oh, oh, oh, oh
Minha doce criança
Oh, oh, oh, oh
Meu doce amor
Oh, oh, oh, oh
Minha doce criança
Uh, uh, uh, uh
Meu doce amor

Para onde vamos?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos?
Para onde vamos?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos?
Para onde vamos agora?
Para onde vamos?
Para onde vamos agora?

Doce criança
Minha doce criança

[Mente Hiperativa]

22 fevereiro 2011

Dez desenhos

Dez desenhos


Despedida

http://3.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnaqeF-omI/AAAAAAAAA28/Xetlc4MM_w0/s1600/DSC03750.JPG


Dança de salão

http://4.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnejxmlXwI/AAAAAAAAA7U/bvjiwss1cU8/s1600/DSC03786.JPG


Orquídeas

http://2.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnemBGa8NI/AAAAAAAAA7s/Ynii13sgPPo/s1600/DSC03789.JPG


Na rede

http://2.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnbMmR4LtI/AAAAAAAAA30/czWX5nTpjMY/s1600/DSC03757.JPG


Girafa

http://1.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnbs3gmkII/AAAAAAAAA4k/20S7bzIFpXo/s1600/DSC03763.JPG


Feto

http://2.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnapl0wq4I/AAAAAAAAA20/4K3WZbMGjzQ/s1600/DSC03749.JPG


Cisne

http://3.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnarMCbE0I/AAAAAAAAA3M/e0sM4iTan-M/s1600/DSC03752.JPG


Odonto

http://4.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOncKvz67nI/AAAAAAAAA48/_S2XBN3f130/s1600/DSC03766.JPG


Pavões

http://2.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOnekb9pG8I/AAAAAAAAA7k/V3qmEdwWfkw/s1600/DSC03788.JPG


Reflexo

http://3.bp.blogspot.com/_lwROTY0Fql8/TOndXZNCC6I/AAAAAAAAA6c/Y9yZevQ9qLk/s1600/DSC03778.JPG


Confira mais desenhos meus em MH Desenhos. Me siga lá também.


[Mente Hiperativa]

21 fevereiro 2011

Volare

Eu poderia ouvir essa música todos os dias, todas as manhãs ao acordar, pra meu dia começar bem, começar cheio de alegria. Já sei, no dia em que eu comprar um celular com mp3 (o meu é bem simples, não tem nem câmera rsrsrs) eu coloco essa música como despertador, aí já me acordo com toda a energia que essa música me passa.



Volare - Gipsy king


Acho que um sonho como este não acontecerá den ovo
Onde pintava minhas mãos e meu rosto de azul
E de repente o vento rapidamente me carregou
E me fez voar no céu infinito

Voar, oh oh
Cantar, o-o-o-oh
No céu, pintado de azul
Feliz por estar lá em cima

E voando, voando feliz
Eu me encontro mais alto
Mais alto que o sol
E ao mesmo tempo em que o mundo
se afastava lentamente de mim
Uma musica doce
tocava somente pra mim

Voar, oh oh
Cantar, o-o-o-oh
No céu, pintado de azul
Feliz por estar lá em cima

Acho que um sonho como este não acontecerá de novo
Onde pintava minhas mãos e meu rosto de azul
E de repente o vento rapidamente me carregou
E me fez voar no céu infinito

Voar, oh oh
Cantar, o-o-o-oh
No céu, pintado de azul
Feliz por estar lá em cima

Voar, oh oh
Cantar, o-o-o-oh
No céu, pintado de azul
Feliz por estar lá em cima
Acho que um sonho como este não acontecerá de novo
Onde pintava minhas mãos e meu rosto de azul
E de repente o vento rapidamente me carregou
E me fez voar no céu infinito

Voar, oh oh
Cantar, o-o-o-oh
No céu, pintado de azul
Feliz por estar lá em cima

Voar, oh oh
Cantar, o-o-o-oh
No céu, pintado de azul
Feliz por estar lá em cima

[Mente Hiperativa]

Não me toque

Não me toque

Não encoste em mim, por favor. Ou, se fizer, que seja com delicadeza. Meu coração está rachado em mil pedaços, para cada pedra e pau que o acertou. Não me acho insensível, pois assim é quem nunca abriu as portas para seus sentimentos. Eu me acho cuidadoso, precavido. Mas também sou tolo.

Já deixei meu coração exposto algumas vezes, confiei, mostrei os meus medos mais profundos e meus segredos mais obscuros. E, no final, acabei apanhando. Algumas vezes. E agora meu coração está quebrado e isso dói mais do que quebrar qualquer outra parte do corpo. Todo o amor que eu sinto, esse amor que as vezes me sufoca por eu não ter alguém para dividir... Todo esse amor que me consome vivo... Todo esse amor que faz o meu peito arder em chamas... Todo esse amor... ele vaza pelas rachaduras do meu coração.

E os dias vão passando, as pessoas vão mudando. Meu corpo é saudável. Minha alma é inabalável. Mas meu coração precisa de cuidados. Ele precisa de alguém. E eu preciso de alguém que me toque com delicadeza, que me pegue com as duas mãos, com cuidado e que não me deixe cair. Preciso de carinho, de um beijo e um abraço. Preciso que, no fim do dia, alguém e diga "está tudo bem, eu te amo". Preciso que alguém me olhe nos olhos e me faça sentir seguro.

E se esse alguém não for você, por favor, não me toque,

------------------------------------------------------

Copiei daqui:

http://www.delirioedeleite.com/2011/01/nao-me-toque.html
------------------------------------------------------

[Mente Hiperativa]

20 fevereiro 2011

Mr Jones

Mr Jones

Mr Jones traduz muito bem o que é um bipolar típico, ele é impulsivo, eufórico, criativo, divertido e muito carismático; às vezes, porém, toda essa energia se converte em sofrimento, tristeza e desespero. São as conhecidas crises depressivas, que se interpõem entre uma euforia e outra.


Jones já foi internado compulsoriamente diversas vezes, mas se recusa a aceitar o diagnóstico e o tratamento da bipolaridade, vive se metendo em encrencas e colocando a própria vida em risco por conta do seu temperamento desmedido e extremo.

Um dia Jones conhece a Dra Elizabeth Bowen, psiquiatra que passa a cuidar dele e -contrariando a ética médica- acaba se envolvendo com esse paciente tão fascinante e envolvente.
"Richard Gere, Lena Olin e Anne Bancroft estrelam esta emocionante história sobre um homem á beira da autodestruição que é salvo pelo amor"



[Mente Hiperativa]

19 fevereiro 2011

Azul da cor do mar

Será que eu nasci pra sofrer? Ou pra rir?



Azul da cor do mar- Tim Maia

Ah! Se o mundo inteiro me pudesse ouvir

Tenho muito pra contar
Dizer que aprendi
E na vida a gente tem que entender

Que um nasce pra sofrer
Enquanto o outro ri
Thuru thururu ru aaaa...
Mas quem sofre sempre tem que procurar

Pelo menos vir a achar

Razão para viver
Ver na vida algum motivo pra sonhar
Ter um sonho todo azul

Azul da cor do mar

[Mente Hiperativa]

Gravidez

Gravidez

Existe estado mais belo?

[Mente Hiperativa]

18 fevereiro 2011

A mentira que virou verdade

A mentira que virou verdade

E de tanto fingir que a amava acabou se perguntando se não era verdadeiro aquele sentimento. Ficou confuso, entrou naquela só pra brincar, não queria nada sério. Fingiu desde o começo, cada bilhete, abraço e beijo. Será que fingiu mesmo? Ou mentia pra si que não estava envolvido? O fato é que no final das contas ele se viu perdidamente apaixonado por aquela que ele pensava enganar.


O amor tem dessas coisas, pessoas que pensam que enganam os outros quando na verdade estão tentando enganar a si mesmas.

[Mente Hiperativa]

17 fevereiro 2011

Reflexo

Reflexo

Por fora
Era descabelada, desleixada, desajeitada

Por dentro
Era descompensada, desesperada, desmotivada

O 'fora' era apenas um reflexo do 'dentro'

Seu sofrimento era exposto pra quem quisesse ver

Mas ninguém via

[Mente Hiperativa]

16 fevereiro 2011

Mordida

Mordida

"Ou a mulher é fria ou morde. Sem dentada não há amor possível"
Nelson Rodrigues



Concordo! Prefiro as que mordem, não sei lidar com a frieza.

[Mente Hiperativa]

15 fevereiro 2011

O administrador

Legenda da foto: Deus deu a vida a cada um, cuide da sua.

O administrador

Ele resolve a vida de todo mundo, é impressionante a destreza com que propõe solução aos outros. Ninguém pede sua opinião ou conselho, mas ele sempre faz questão de lhe passar na cara o quanto você está mal profissionalmente e em seguida fala com propriedade o que você deveria estar fazendo - na opinião dele.

Sim, ele é chato, e também pessimista, enxerga todas as pessoas como acomodadas, na sua visão todo mundo poderia estar melhor de vida mas não está por acomodação, e o pior é que ele chega pra você e diz "você deveria estar fazendo isso ou aquilo, mas está aí perdendo tempo."

Afinal, quem ele pensa que é? Porque ele não resolve a vida DELE? É tão fácil resolver a vida dos outros, é tão fácil apenas falar, falar e falar... Se todo mundo poderia estar melhor de vida então porque ELE está chafurdando na lama? Que tal olhar para o próprio umbigo e deixar que cada um olhe para o seu?

O mundo agradece.


[Mente Hiperativa]

Confidencial



Confidencial


Se eu tivesse que guardar documentos confidenciais eu JAMAIS colocaria numa pasta chamada confidencial. Tem coisa mais chamativa que isso?

Quem lê 'confidencial' e não tem curiosidade de abrir a tal pasta?

[Mente Hiperativa]

14 fevereiro 2011

A bebida não cura, mas...

A bebida não cura, mas...

A bebida Não cura
Feridas, dores ou desilusões
Mas às vezes acalma uma mente confusa
Ela pode trazer uma boa ilusão
De que tudo está perfeitamente bem
Que o dia é bonito, as pessoas também
E que não existem problemas
Nem nada de ruim na vida
Às vezes é essa leveza que precisamos
No dia seguinte a realidade retoma seu lugar
E junto a ela voltam todos os problemas
Mas agora tudo parece mais leve
E fácil de encarar

[Mente Hiperativa]

13 fevereiro 2011

Sonhos de papel

Sonhos de papel

Me apaixonei

Ela era perfeita
Meiga
Frágil
Sensível
E delicada
Um dia peguei-a pela mão

Levei-a pra tomar um banho de chuva
Como numa cena de filme romântico
Mas ela se desmanchou
Descobri que ela não existia
Era apenas escultura de papel

[Mente Hiperativa]

12 fevereiro 2011

Espelho

Espelho

Acordou-se

Olhou-se no espelho
Notou algo diferente
O que houve?
O que aconteceu nessa noite?
Algum encontro celestial?
Alguma revelação?
Consumou o amor?
Admirou-se no espelho
Sorriu
Não sabia exatamente o que
Mas algo estava diferente
E era algo bom
Então pra que saber o que houve?
Passou a se questionar menos
Passou a perguntar menos
E a curtir as coisas boas
Assim sofria menos
E enfim se sentia mais feliz

[Mente Hiperativa]

11 fevereiro 2011

Conselhos

Conselhos
- Eu já te dei ALGUM conselho que não prestasse?
- Todos que você me deu!!!
- Então eu dou mais um: Não siga meus conselhos. Será que agora esse presta, então?
[Mente Hiperativa]

10 fevereiro 2011

Prêt-à-porter


Prêt-à-porter

Sociedade imediatista. Cada vez mais pensamos ter menos tempo. Foi-se o tempo em que urgência era algo para ser feito agora. Estamos todos atrasados. Coelhos, da Alice, de Lewis Carroll.
Cultura do ontem. O imperativo moderno é: Corra!
Para onde? Não sei.
Para que? Não importa.

Uau! Se a ciência trabalha em prol da longevidade, deveríamos poder fazer as coisas mais devagar, visto que temos maior expectativa de vida. Então... Por que é que temos pressa?

Pressa para amar, e a maior parte das relações não passam de paixonites agudas. Pressa para comer, e os fast-foods acabam com o nosso colesterol. Pressa para enriquecer, mas cada vez mais endividados. Pressa.

Trabalha-se muito, passeia-se pouco. Preocupa-se muito, diverte-se pouco. Casais que passam o dia todo trabalhando para sustentar os filhos, mas que chegam em casa com tamanha canseira, que já não podem mais brincar com os pequenos. Namorados que trabalham tanto, estudam tanto, que no final de semana, só querem dormir. Crianças que fazem tantas atividades para ocupar o tempo, que são impedidas de gostar, de fato, de alguma coisa. E com tantas coisas para fazer, com tão pouco tempo, ainda as chamamos de hiperativas. Heim?! Qual seria a outra opção?

E dá-lhe antidepressivos. Ansiolíticos. Remédios para enxaqueca e dores musculares, cabelos caindo, pressões arteriais subindo.

Fazemos muito e pensamos pouco, em ritmo desenfreado. Ensino superior, mestrados e doutorados em ascensão. Recém-formados desempregados e desinformados. Grades curriculares que prevêm muita prática, pouca teoria.

Corre! Para que amanhã chegue logo. Amanhã vou ser feliz. Viver rápido para que, se caminhamos todos em direção à morte?



----------------------------------------------------------------------------------
Copiei daqui:
http://significantess.blogspot.com/2011/02/pret-porter.html
----------------------------------------------------------------------------------


[Mente Hiperativa]

09 fevereiro 2011

O código da inteligência



O código da inteligência

Particularmente gosto muito do Augusto Cury, ele é psiquiatra e pesquisador de neurociências e por isso sempre trata com maestria assuntos que tenho muito interesse, como o cérebro, a mente, e seus mecanismos de funcionamento.

Na obra 'O código da inteligência' o autor propõe abrir as cortinas do nosso psíquico, ele desvenda os códigos da inteligência, capazes de expandir a arte de pensar, desenvolver a criatividade, capacidade de memorização e promover a saúde psíquica. Além disso, ele ainda ensina como escapar das diversas armadilhas criadas pela mente que podem bloquear a nossa inteligência dificultando nossa atividade como gestor psíquico.

Pra quem ficou curioso posso adiantar os 8 códigos da inteligência, tão bem dissecados pelo Augusto Cury, são eles:

-Código do Eu como gestor do intelecto,
-Código da Autocrítica (pensar nas conseqüências dos comportamentos),
-Código da da Resiliência (capacidade de sobreviver às intempéries da existência),
-Código do Altruísmo (capacidade de se colocar no lugar dos outros),
-Código do Debate de Idéias,
-Código do Carisma ,
-Código da Intuição Criativa e
-Código do Eu como gestor da emoção

O livro é sensacional, muda a forma como pensamos e lidamos com esses pensamentos, diria que é um verdadeiro treinamento cerebral, uma reeducação da forma de gerir os pensamentos.


Link relacionado:

http://www.ocodigodainteligencia.com.br/

[Mente Hiperativa]

Meu silêncio

Meu silêncio

E quando eu não tiver nada pra dizer, será que alguém vai querer ouvir o meu silêncio?

[Mente Hiperativa]

05 fevereiro 2011

E agora, igreja?

E agora, igreja?

Encontrei na net imagens de uma campanha Genial que nos levam a pensar acerca de valores, aparência, religião, preconceito e Deus.

Peço que vejam todas as imagens e reflitam.






















[Mente Hiperativa]

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana