#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


23 janeiro 2010

Quem te prepara pra enfrentar o fracasso?

Essa semana meu vizinho, um simpático senhor de noventa anos, foi internado às pressas num hospital para uma cirurgia emergencial. Agora ele está bem, recebeu alta e está em casa, mas chegou a ser desacreditado pelos médicos e correu sério risco de vida durante a operação.

A família dele estava claramente abalada e com muito medo de perdê-lo de vez; os médicos, por sua vez, pareciam temer o fracasso diante de uma delicada investida, afinal é complicado operar um senhor com tal idade principalmente quando ele tem diabete.

Diante dessa situação, repleta de ansiedade e insegurança, não pude deixar de recordar as mais diversas situações difíceis que já vivenciei, os desafios em que fracassei e sobretudo as derrotas que abateram minha história.

Constatei que ninguém havia me alertado para as dificuldades que enfrentaria na vida, não me prepararam pra que eu encarasse com naturalidade a morte de uma pessoa amada, ninguém me disse que eu ia sofrer na vida, ou que diante de certas situações me sentiria impotente.

A realidade é cruel, ninguém nos prepara pra encarar o fracasso, somos entregues a ele como pobres carneiros que servirão de banquete a um leão no zoológico. Basta notar que desde criança somos estimulados a vencer, motivados a ganhar e conquistar prêmios, vitórias, mas ninguém nos avisa que podemos perder. Infelizmente não somos ensinados a encarar o erro como uma fonte de aprendizagem, mas como um motivo de vergonha que deve ser evitado e escondido.

Me parece que somente a escola da vida nos oferece a oportunidade de reparar nossos próprios erros e deles tirar alguma lição positiva que nos faça amadurecer. O outro caminho seria continuar sofrendo, silenciosamente, diante do amargo sabor da derrota. Cabe a cada um de nós escolher o que fazer com seus fracassos.


[Mente Hiperativa]

8 comentários:

Hugo Otávio disse...

Pois é...
Como encarar os fracassos da vida?
Realmente... a vida nos ensina muitas coisas e cabe a nós "filtrarmos" dela aquilo que nos faz crescer pois constantemente somos inundados de fatores negativos que podem nos frustrar ainda mais. Além disso, existem pessoas "tóxicas" nessa vida que, ao invés de nos ajudarem, tentam nos impedir de alcançar e realizar os nossos sonhos. Pois é... estou fugindo... de gente que nos negligenciam, nos detestam e acima de tudo, nos invejam por sermos assim, simples, felizes, enfim, nós mesmos.

pense nisso disse...

Cara esse seu blog nao vai dar certo

pensa comigo!!

as pessoas que acompanham sao akelas q tem a mesma linha de raciocinio sua
entao.. as mesmas duvidas, mesmas perguntas, mesmos pontos de vista

e pelo que vi..
sao perguntas-mistério (se posso chamar assim)... nao tem respostas exatas

Mente Hiperativa disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKK

Você é muito engraçado(a)!!!

Perguntas-mistério é?

As perguntas são para as pessoas pensarem. E se elas têm linha de raciocínio igual a minha elas podem pensar, a partir do questionamento que faço, e mudar de idéia. Ou ratificar o que acham.

Ah, ninguém tem EXATAMENTE o mesmo ponto de vista que eu EM TUDO.

IMPOSSÍVEL!

Valeu pelo comentário. Fique a vontade pra falar. rsrsr

louco??eu?? disse...

mas eu to dizendo isso pq eu tava aki em casa sozinho (pq pra pensar so quando esta sozinho ou no banheiro..alias eu nao sei pq.. se eu soubesse falar, em um dialogo, como eu sei quando estou sozinho ninguem conseguiria argumentos pra me vencer..mas dexa pra la)

ai eu comecei pensar se existia um limite ou fronteira entre a sanidade e a loucura o bem e o mal etc

ai eu coloquei no google..vi o blog ..li algumas postagem (fikei um pouko mais aliviado de eu nao ser o unico louco q pensa assim ...) e vi q vc pensa como eu

por isso comentei akilo

todas minha duvidas vc tem igual..etc... e parece q nao existe resposta pra elas


acho q nos somos loucos!!!!

Mente Hiperativa disse...

Todo mundo te um pouco de louco.

Eu mesmo tenho bastante, e te digo, admitir isso pra mim mesmo me liberta e me encoraja a fazer tantas coisas.

Às vezes são coisas tão banais... Coisas simples que no fundo todos sentem vontade de fazer mas freiam seus instintos com medo de serem rotulados como loucas.

Eu não tenho esse medo, então me sinto livre pra fazer o que der vontade. Isso não parece bom?

Olha, lê esses dois textos que tratam disso tudo que VOCÊ falou sobre "o limite ou fronteira entre a sanidade e a loucura".

http://mente-hiperativa.blogspot.com/2009/11/qual-o-limite-entre-sanidade-e-loucura.html

http://mente-hiperativa.blogspot.com/2010/03/o-jardim-da-razao.html (Adoro esse rsrs)

Qlq coisa tô por aqui. rsrss

Paulo disse...

Seu blog é fucker!

muito 10

Anônimo disse...

Você manda bem com as palavras!


Parabéns!

Felipe disse...

Sou viciado em seu blog...aliás já virou dependência...Fracassos podem ativar ou desativar a capacidade de superação, quero eu ativar minha vontade de lutar diante dos fracassos q possam surgir em minha vida.

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana