#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


15 março 2011

Filhos do equívoco

Filhos do equívoco

Às vezes parece que a palavra 'amor' perdeu o sentido original, perdeu o uso devido. Às vezes o amor é um equívoco, um equívoco que pode gerar filhos, que não são frutos do amor no seu sentido original, mas são filhos, são frutos. São filhos do equívoco.
Eu sou filho do equívoco. E não estou sozinho nesse mundo cheio de equívocos.

Há diversos tipos de equívocos, os óbvios, explícitos, os equívocos de aparência, equívocos de uma noite só, equívocos do descuido ou do esquecimento...
Alguns são frutos do amor; outros, filhos do equívoco. Mas no fim das contas que diferença isso faz???
[Mente Hiperativa]

4 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Você pelo menos já sabe, e eu que não sei se sou filho do equívoco ou do amor. Vou perguntar minha mãe.
Abração

Amapola disse...

Boa tarde.

Adorei seu texto.
Na minha geração há muitos filhos do atraso da ciência.
Meus dois filhos são filhos do equívoco.

Só que ninguém faz um filho sozinho, mas na maioria dos casos, a responsabilidade fica sozinha nas mãos da mãe.
E assim, caminha a humanidade.

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Getúlio FM disse...

A diferença que faz é a que nos importa...

Ayanne Sobral disse...

Amor é sempre amor. E seus frutos são sempre de amor, independente da forma que foram 'plantados'.

;)

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana