#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


23 setembro 2010

A inquisição das células-tronco

Você é contra ou a favor da terapia com células-tronco?

.
.
.

Você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com a inquisição. Daqui a pouco explico.

Durante a Idade média alguns homens resolveram contrariar a igreja, disseram que as doenças não eram causadas pelo diabo ou castigo divino, muitos desses indivíduos usaram remédios (rotulados de poções mágicas) e tentaram intervenções cirúrgicas para minimizar algumas dores e sofrimentos. Claro que as 'intervenções cirúrgicas' da idade média não eram como as de hoje, naquele tempo não havia sequer técnica de sutura, as feridas eram deixadas abertas para cicatrizarem à própria sorte. O resultado é ÓBVIO, a maioria das pessoas morriam após o primitivo ato cirúrgico. Provavelmente de infecção, mas ninguém sabia o que era infecção, nem tinham conhecimento sobre microorganismos ainda.

Enfim, muitas pessoas, revolucionárias, ousadas, tentavam salvar vidas naquela época, desafiavam os donos da verdade e propuseram uma segunda forma de pensar a origem e o tratamento das doenças. Parece bonito, mas a maioria deles acabaram morrendo queimados na fogueira, eram chamados de bruxos, feitiçeiros; a igreja não tolerava qualquer tipo de subversão, não aceitava qualquer indício de revolução que não partisse de suas próprias mãos.

O que isso tudo tem a ver com a pergunta que fiz no começo, sobre células-tronco?
Chegou a hora de entender.

O que quero dizer é que todo pioneiro é mal visto, todo revolucionário é olhado com desconfiança, e toda revolução aceita com certa dose de dúvida. O novo é polêmico, e sempre hesitamos em aceitá-lo, em incorporá-lo ao nosso cotidiano, temos medo do novo.

Quando inventaram o bisturi elétrico quem era doido de se submeter a ele? Quem se imaginava sendo cortado por uma faquinha na qual passava energia elétrica? Na minha carne? Eu mesmo não ia querer, teria medo de ser eletrocutado ou queimado, sei lá. Mas hoje em dia é algo COTIDIANO, nenhum médico lhe pergunta se você quer que use ou não o bisturi elétrico, simplesmente está subentendido de que essa é a melhor técnica. E pronto.

Voltando às células-tronco, você acha que atualmente essa é uma questão bem resolvida e plenamente aceitável? Claro que não. A cura através de células totipotentes ainda é polêmica, equivale às práticas cirúrgicas ousadas da idade medieval. E as pessoas que anunciam tais procedimentos são tidas como bruxos, em pleno século XXI.

Eu dou minha força e apoio a esses revolucionários, um dia seu valor será reconhecido. E sua técnica será cotidiana. Um dia muitas vidas serão salvas graças a ousadia e persistência daqueles que não se renderam ao medo de cair na fogueira, lutaram até o fim pelos seus ideais, pela vontade de mudar e fazer a diferença.

[Mente Hiperativa]

5 comentários:

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
MENTE HIPERATIVA




ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

José
Ramón...

Wanderley Elian Lima disse...

Olá menino
Esse é um assunto bastante polêmico, acredito que é só uma questão de amadurecer as idéias, com o tempo vira tudo normal. Particularmente sou a favor de tudo que possa salvar vidas, e amenizar a dor.
Abração

Flor de Lótus disse...

Olá meu caro!Realmente tudo o que é novo nos assusta e nos incomoda, eu sou a favor das células-tronco sempre, elas podem salvar milhares de vida.Dizem que até os canhotos queimavam nas fogueiras da inquisição eu teria morrido com certeza, faço tudo com a mão esquerda.
Beijosss

Dario Dariurtz disse...

É uma questão de tempo, para as pessoas verem esse assunto de maneira mais prática, ainda temos o estigma da religião que nos persegue e dificulta uma clara visão do que realmente é de necessidade humana.

MENEZES disse...

Gostei muito do seu blog! Assim que possivel o estarei classifucando no anablogbr! Grande abraço!

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana