#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


14 setembro 2010

Sobre pecado e julgamento

O pecado é um conceito interessante... Já parou pra pensar que ele só existe quando você aceita ele pra si, quando você permite que ele exista?

Se por acaso eu não acreditar em céu e inferno algo me acontecerá? Quem pode me garantir que ao morrer eu vou pra lá se eu não acreditar nisso?

Será que um assassino se sente culpado só por que eu digo a ele que ele é culpado? Ou que baseado na lei tal e tal ele fez algo errado?

Alguém é capaz de convencer a um índio selvagem que matar pessoas é pecado?


O pecado nasce na nossa cabeça, é uma concepção que cada um estabelece pra si. É um conceito moral, um parâmetro, um limite. E até certo ponto é inevitável, todo mundo tem seu conceito de pecado, cada um na sua medida, mas todos nós temos noção do que 'pode' e 'não pode'.

Penso que o julgamento do pecado (e do pecador) não é feito pela igreja ou pela sociedade, esse julgamento de nada vale se a pessoa não aceitá-lo; o julgamento do pecado é bem pior, ele é feito por cada um de nós, no nosso íntimo.

E desse julgamento, ah, desse julgamento ninguém consegue escapar, cedo ou tarde a consciência vai pesar, a culpa vai surgir e então o julgamento é feito por si só. Talvez aja arrependimento, ou sofrimento, depende da pessoa, mas esses sentimentos não podem ser impostos por instituição alguma, eles têm que partir de nós mesmos.

[Mente Hiperativa]

10 comentários:

Renata Brandão disse...

Seu texto é simplismente perfeito!
Queria que soubesse que adoro seu blog, e com seus comentarios me sinto mais segura para escrever, vc é especial p mim; obrigada pela atenção e dedicação e obrigada pelo Dardos tb, me manda por email como eu coloco pq ñ sei rsrsrs
Espero q continue escrevendo e visitando o meu blog!
Parabénsss, vc se tornou essencial p mim!

Mente Hiperativa disse...

Isso me deixa tão feliz!

so sad disse...

estudei num colegio de freira, de familia catolica praticante.
um dia uma freira se assustou quando eu disse pra ela que o pecado só existe quando eu acho que estou fazendo algo errado, que se um dia eu achasse que beber agua do bebedouro da escola era pecado,assim seria. obviamente ela nao concordou.
anos mais tarde tive um caso mesmo sendo casada, mas foi um amor tão grande (ainda é) que nao entendo como pecado pq se Deus existir, eu fui agraciada com um amor que poucas pessoas sentem na vida.
beijo!

Wanderley Elian Lima disse...

O pecado foi inventado pelas religiões, para manipularem seus seguidores. O conceito de pecado é pessoal e intransferível.
Abração

Déia disse...

Como não tenho religião, nada me sufoca, nada é pecado, não tenho nada pra pagar por ninguem.
Vivo minha vida em paz, fazendo o que o bom senso me mostra que é correto, sem prejudicar as pessoas.
E isso é aliviante!rs

Bj

Flor de Lótus disse...

Oi,Querido!Li o comentário da primeira menina e concordo com ela tu é uma pessoa super querida, culta, inteligente e que me faz querer soltar o verbo.
quanto ao pecado acho que é bem isso o que tu disse cada um estabelece seu conceito de pecado, de certo de errado, e sabe do que mais ninguém tem o direito de julgar.As pessoas adoram julgar dizer o que é certo ou errado,mas nunca olham para si mesmas para verem seus "pecados".
Beijosss

Maker VX disse...

Idiota, Pecado e Julgado por Deus o todo poderoso e vc vai sofer muito Por ter enganado as pessoas!

Maker VX disse...

Povinho ingenuo vocês todos tem muito a serem julgados nao por min mais Pelo meu Deus

Mente Hiperativa disse...

Ainda bem que você tem consciência de que não é você o juíz da humanidade...

Anônimo disse...

Não serei radical como o Maker VX, me oponho a visão de Deus ditador. Ele é justo e ponto. Porém discordo de sua mente hiperativa.
Não somos capazes de abarcar tais tarefas: definir e julgar o pecado.
Pecamos, pecamos deliberadamente e se o Espírito Santo está ausente é impossível identificarmos o que entristece a Deus.
Como você disse o pecado é um parâmetro, todavia se este for imposto por nós FAIL :D

Gostei do blog (:

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana