#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


08 outubro 2010

Na contramão

Ele nunca entendeu o comportamento dos seus amigos, trocou de grupo e de círculo de amizades várias vezes. Mas eles pareciam TODOS iguais.

Seus amigos gostavam de lugares cheios de gente, barulhentos, eles bebiam, às vezes até fumavam. E ele não entendia o porquê disso tudo. Seus amigos contabilizavam as mulheres que 'pegavam', faziam questão de contar. Por que?

Ele não via graça nesses rituais, não gostava de sair, dançar, era péssimo na paquera, e não conseguia agir como seus amigos. Bem que tentou, tentou ser normal, ser igual a eles. Bebeu, fumou, ficou com inúmeras meninas numa só festa, dançou no pé da caixa de som até seus tímpanos parecerem estourados.

No dia seguinte acordou-se, ainda um pouco ébrio, e se questionou qual a graça daquilo tudo que fizera. Por que as pessoas se divertem assim? Achou que ele próprio deveria ser muito estranho, pois tudo que sentia era dor de cabeça. Nenhum prazer.

Desde aquela experiência ele sumiu, se isolou, como antes, continuou a ser encarado como estranho. Nunca conseguiu entender a juventude, nunca descobriu qual a graça e a diversão disso tudo. Aceitou que era mesmo estranho, talvez tivesse batido a cabeça muito cedo, caira do berço, ou então pertencia a outro planeta de uma galáxia distante. Talvez.

[Mente Hiperativa]

4 comentários:

Camila Sousa de Almeida - CRP: 03/6243 disse...

Ou com certeza. E quem sabe ainda bem... Talvez nesse planeta de uma galáxia talvez não tão distante esses normais sejam estranhos, muito estranhos. Quem sabe?! Talvez viver nesse planeta diferente seja justamente a graça, pois no planeta de uma galáxia talvez distante, talvez não tão distante, talvez não tivesse graça ser igual... Nem tudo que parece, é. Talvez haja mais planetas aqui do que parece... A lua sabe, você já perguntou a ela?

Wanderley Elian Lima disse...

Acho que ele não ia gostar de ser meu amigo. Não sei porque...
Abração

Flor de Lótus disse...

Oi,Querido!Acho que eu sou um pouco assim também, as vezes me acho um ET, as vezes tenho certeza que não sou daqui.Cada um é um não adianta, cada u mtem um modo de pensar, de ver a vida, de sentir...
Um ótimo fim de semana e divirta-se ocmo achar melhor.
Beijosss

Dario Dariurtz disse...

Sou eu? Rs! Ele não perde grandes coisas, ele é mais normal do que pensamos...

Abraço

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana