#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


27 novembro 2010

A identidade secreta de Amanda




Amanda sempre foi uma garota tão quietinha, tão calma que nem mesmo um terremoto seria capaz de tirar sua tranquilidade, não se aborrecia com as brigas dos seus pais, com os insultos dos colegas nem com o trânsito caótico ou as notícias catastróficas do telejornal. Era um poço de serenidade, sempre foi, desde pequena.

Mas havia uma coisa que a tirava do sério, apenas uma única coisa era capaz de irritá-la, a torrada que caía no tapete com a geléia virada pra baixo, sempre que isso acontecia acabava com seu café da manhã, e com seu dia. Vai entender...

Sua aparência sempre foi uma coisa que nunca lhe agradou, ela tentava se esconder atrás dos óculos de armação grossa, prendia os cabelos em rabo de cavalo, um ou dois, parecia sempre que queria esconder alguma coisa. Na verdade ela escondia sua beleza, sufocava sem a menor pena uma Amanda vaidosa e sexy que guardava nos confins da sua mente. Ela sempre teve medo que essa 'outra' Amanda tomasse conta dela, tinha medo de ser atraente e chamar a atenção... Onde já se viu?

O que mais me chama a atenção em Amanda é seu jeito... Ou melhor, sua falta de jeito, ela é um pouco desajeitada, deixa cair tudo no chão, os papéis na sua mão voam, tropeça em pedras imaginárias, perde as coisas. Pra mim esse é seu maior e mais genial disfarce, juntamente com a Aparente incapacidade de matar uma mosca ou abrir a tampa de um pote de maionese.

Toda vez que a vejo tão atrapalhada eu penso "como encena bem, aposto que longe dé nós ela é capaz de matar um leão e abrir uma caixa de chumbo". Sempre fico achando que faz parte do seu plano de defender sua identidade secreta, tal qual fazem os super-heróis do cinema.

Ela é assim espontânea, tímida, não gosta de chamar a atenção, claro, senão descobririam a verdadeira Amanda, a "identidade secreta". Mas eu sempre olho nos seus olhos, mesmo ela tentando desviar, eu sei que ela é mais do que aparenta, e bem menos boba. Um dia descubro sua verdadeira identidade, aquela que ela esconde por trás dos óculos de armação grossa e disfarça entre um tropeço e outro.

[Mente Hiperativa]

Um comentário:

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana