#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


21 janeiro 2011

Adaptação ou acomodação?


Adaptação ou acomodação?

Painho vive me criticando pelo fato de eu me adaptar às mais diversas situações. Na verdade ele me critica por várias coisas... Inclusive ele me critica quando eu comento as críticas dele, mas bem, isso já é assunto pra outra postagem.


Até onde vale a pena se adaptar às circunstâncias? Meu pai me vê como um acomodado que se adapta às condições mais adversas, ele não compreende essa habilidade como sendo uma coisa boa. Algumas pessoas são assim, têm a cabeça fechada e pensam: "ou é assim ou eu não quero saber", só sabem viver se for daquele jeito, e tudo tem que estar sempre do seu jeito. Eu acho isso uma grande tolice... É falta de flexibilidade, a pessoa fica engessada em determinadas situações e se tiver que sair de lá não sabe como agir, sente que acabou-se tudo.

Prefiro acreditar que seja bem melhor se adaptar às condições, se moldar e se adequar ao mundo que vive sob constantes transformações. O mundo não pára, e quem está rigidamente preso à regras fica perdido no espaço/tempo; quem tem acapacidade de se adaptar, se modificar sem alterar sua essência, estará sempre dialogando com o mundo, com a situação presente.

Então esse papo retrógrado de manter-se a todo custo engessado em seus parâmetros não tá com nada, não coloca ninguém pra frente. Assim o mundo passa e você fica, preso em suas colocações, mas sem crescer, sem evoluir. É preciso se adaptar às mais diversas condições e ambientes.

[Mente Hiperativa]

2 comentários:

Paulo Francisco disse...

Difíciiiiilllllll!!!!!!!!
Quem tem esta capacidade diplomática de conviver e se adaptar às mais diversas situações, eu tiro o chapéu.
Um abraço!

MAILSON FURTADO disse...

Belo post, belo blog!!

Muito bom seu espaço!

PARABÉNS!

Convidaria vc a conhecer minha poesia...

Ficaria feliz demais! http://mailsonfurtado.com

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana