#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


20 janeiro 2011

Filho indesejado


Filho indesejado

Outro dia vi na televisão uma mulher falando com bastante naturalidade que tirou o filho, abortou ele porque era um 'filho indesejado', fruto de um 'descuido'.

Com a enorme quantidade de métodos contraceptivos (alguns inclusive gratuitos) como alguém ainda pode se descuidar?

E ainda assim, SE houve um descuido e a pessoa não quer o filho existem tantos caminhos pra se seguir, entregar o filho para um parente criar, deixá-lo num abrigo, orfanato, hospital ou mesmo na porta da casa de alguém. Mas porque matar um ser tão inocente e indefeso?

Filho indesejado... Pra mim essa expressão soa muito estranha, não consigo entendê-la, na minha cabeça não faz sentido. Como pode um filho ser INdesejado? Todo mundo sabe que sexo pode gerar filhos após nove meses, e então quem o faz (sobretudo sem proteção) não está desejando ter filhos?

Até compreendo que ele possa não ter sido Programado, ou que tenha vindo num momento não muito propício, até aí tudo bem, mas considerá-lo indesejado acho anti-natural demais. Não entendo como um filho pode não ser desejado.

Pensando bem esse papo de 'filho indesejado' é conversa dos tempos modernos, antigamente as pessoas se casavam e aguardavam que viessem os filhos, aos montes, segundo a vontade de Deus. Não havia filhos indesejados, havia os bastardos, mas isso já é outra coisa bem diferente.

Depois inventaram os métodos contraceptivos, a revolução e liberdade sexual tomou conta da sociedade, as pessoas passaram a dar prioridade à profissão, e hoje não querem muitos filhos, não querem ter filhos 'cedo', mas o pior de tudo é que não se cuidam pra que isso não aconteça. Sabe por que não se cuidam? Porque qualquer gravidez 'acidental' vão ali e fazem um abortozinho, como se fosse algo natural, como se fosse tomar um analgésico pra dor de cabeça.

[Mente Hiperativa]

3 comentários:

Paulo Francisco disse...

Hiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!! Você colocou no marcador como ponto de vista. Então, não vou aqui fazer um texto sobre o que eu penso
Gostei do texto!
Um abraço.

Wanderley Elian Lima disse...

Pena que nem todas as pessoas pensem assim, a irresponsabilidade tomou conta da maioria na hora do sexo.
Abraço

Com Anny Maverick disse...

EXATO! Não existe essa de gravidez acidental, sou radical mesmo. E hoje em dia existe milhões de formas de não engravidar, de se proteger. Sou mullher , tenho uma vida sexual ativa (-n), apesar de ser gay. È ignorancia dar desculpa para ter uma atitude tão cruel, que é abortar.

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana