#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/

HIPERATIVOS:

#ATENÇÃO#

Novo endereço:
http://mente-hiperativa2.blogspot.com/


02 janeiro 2011

Morte lenta


Morte lenta

"Não se pode tirar a própria vida, ninguém tem esse direito."
É o que dizem...

Mas os mesmos que dizem isso, que condenam incisivamente o suicídio, muitas vezes estão se matando lentamente, aos poucos, fumando e cultivando um futuro câncer, bebendo diariamente, se entupindo de gordura e colesterol, nutrindo maus pensamentos e más atitudes com o próximo, disseminando a intriga e a discórdia, semeando o mal, usando drogas. Tudo isso é uma forma de se matar, não é tão 'chocante' ou facilmente perceptível quanto dar um tiro na própria cabeça, mas não deixa de ser uma forma de suicídio a médio ou longo prazo.

E será temos o direito a ESSE suicídio?

[Mente Hiperativa]

4 comentários:

Ana SS disse...

Boa pergunta.
Reflexões profundas, heim!

Hugo Otávio disse...

Pois é. Como pessoas se matam à toa por não encontrarem motivos para se viver. Há tantas saídas para encontrar-se com a morte, mas a que vemos hoje é exatamente a morte lenta, cautelosamente infiltrativa, corrosiva, destrutiva. Não sou favorável à morte, porém acredito que ela um dia chegará, no tempo certo. Não cabe a nós antecipá-la.

Allyne Evellyn disse...

Quando fiz um curso sobre suicídio aprendi que esses tipos de "suicídios' citados por vc são chamados de suicídios emcobertos!
Fumar, beber demais, trabalhos de risco, sexo sem proteção ....

Bruniele disse...

A morte...que tema tão complicado defalarmos...Jamais aceitamos a morte porque ela aniquila a nossa existência, ela nao nos deixa ser nós mesmos...Ela apaga nossa memória de toda a existência!Mas se isso é de fato uma verdade, por que nos matamos todos os dias? Sim, matamos o amor que rejeitamos viver...Matamos aquela criança interior somente para parecer adulto...Matamos nossas palavras em busca de aceitação... Nós nos matamos todos os dias para sermos alguém socialmente normal... Por isso sofremos, e queremos a morte porque a buscamos todos os dias

Blogo, logo existo.

Blogo, logo existo.
"... E que fique muito mal explicado. Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado..."

Mário Quintana